Elo Da Corrente – Alegria Lyrics

[Refrão]
Deixa a luz do sol entrar
Se jamais se perguntar se um dia a felicidade vem
Quando a gente despertar seja mais que acordar
Porque hoje não tá fácil pra ninguém
Já basta esse receio que não cabe em nós
Toda maldade humana que nos deixa sem voz
Olha a história e penso será que estamos sós?
Somente saberemos se um dia houver após

[Verso 1]
Alegria de alguém vai na carranca de quem vem
Pra dizer que a espera é uma longa demora
E se escora em quem tem
Muito menos verdade e empenho se não entender eu desenho
Sentimento alavanca o corte estanca e dele não desdenho
Penso o bem, faço o bem a quem me quero pra mudança
Ser mais que um esmero Na pupila do próximo a minha inconsciência
Estância, estrofe e tem fim
Aos milhares meu canto alevante pra manter minha opinião
Relevante não preciso mudar o que acho eu me encaixo no quebra-cabeça gigante
Na mais nobre singela canção com os (?) e os irmãos da nação
Melodia que afaga e incendeia gaveta anda cheia de tanta emoção
Tão sublime que a hora até voa meus pedaços de nada ressoa
Já não conto os segundos no mundo é demais para o meu coração vagabundo

[Refrão]
Deixa a luz do sol entrar
Se jamais se perguntar se um dia a felicidade vem
Quando a gente despertar seja mais que acordar
Porque hoje não tá fácil pra ninguém
Já basta esse receio que não cabe em nós
Toda maldade humana que nos deixa sem voz
Olha a história e penso será que estamos sós?
Somente saberemos se um dia houver após

[Verso 2]
Que se abram as portas da percepção as janelas da alma se rasga o véu
Pra pegar estrelas que caem no chão depois de pintarem meu verso, céu
Sem medo de sonhar e sorrir nem de mergulhar invisível
Só basta pensar pra existir nada no mundo é impossível
Somos um, somos todos um só por mais que não tenha ensinado assim
Somos parte de algo maior um elo de uma corrente sem fim
Toda fé, sangue e suor em nome do amor como deve ser
Todo axé num mundo melhor uma vida sem dor eu quero viver
Pra tudo que passa, pra tudo que dura fervor e paixão
A mesma intenção a mesma postura
Porque nada é de graça
Pra mim é aventura
Sem temer o chão pra toda ilusão alegria é cura

[Refrão]
Deixa a luz do sol entrar
Se jamais se perguntar se um dia a felicidade vem
Quando a gente despertar seja mais que acordar
Porque hoje não tá fácil pra ninguém
Já basta esse receio que não cabe em nós
Toda maldade humana que nos deixa sem voz
Olha a história e penso será que estamos sós?
Somente saberemos se um dia houver após

[Outro]
Alô Brasil, alô América do sul, alô América do sol e do sal
Alô idiotas também, alô topeiras
Eu quero dizer pra vocês o seguinte
Quem não entendeu até agora, não vai entender nunca

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *